Iradex Podcast 61: Azincourt / Ciclo das Trevas 1

Olha o Iradex Podcast na área! Como fazia tempo que a gente não falava de livros, dessa vez as duas indicações são literárias. E, olha, que indicações! Primeiro falamos do que já pode ser considerado um clássico da literatura de ficção história, Azincourt, de ninguém menos que Bernard Cornwell! No segundo bloco, trouxemos o lançamento da Darkside Books, o surpreendente Ciclo das Trevas - O Protegido, de Peter V. Brett.

Além disso, lançamos a promoção mais maluca de todos os tempos: A BOX FULL OF IRADEX. Quer ganhar uma caixa recheada de surpresas dos Iradextreet Boys? Basta nos surpreender. Isso mesmo, não tem regras. É só nos surpreender de alguma forma!

Download e feed: DOWNLOAD MP3 // FEED RSS // iTUNES

Participaram desse podcast: Raphael PH Santos, Kaio Anderson, Gabriel Franklin


Nesse programa

Links

Assine o podcast

R.I.P.A. (Rede Iradex de Podcasts Associados)

Contatos

Playlist do PH

  • Andre Garcia

    LIvros, ai sim. Adoro quando vcs indicam livros, apesar de Azincourt eu ja ter lido, e é muito bom

  • Andre Garcia

    LIvros, ai sim. Adoro quando vcs indicam livros, apesar de Azincourt eu ja ter lido, e é muito bom

  • Emanoel Medeiros

    Já li Azincourt, foi o livro que despertou meu interesse por Cornwell, o livro vale muito à pena, ótima indicação.

  • Emanoel Medeiros

    Já li Azincourt, foi o livro que despertou meu interesse por Cornwell, o livro vale muito à pena, ótima indicação.

  • Bruno Freire

    Li o livro do Peter V. Brett, apesar de ser uma outra edição com outro nome “O Homem Pintado” que é a versão portuguesa (pode ser comprada no Brasil, inclusive em formato digital que está muito mais barata). Sobre o livro, eu gostei muito mais do início, quando está sendo estabelecido o desenvolvimento dos personagens. Eu não tenho mais paciência pra ler histórias com com capítulos separados por personagens, mas não tive esse problema nesse livro já que cada personagem tem um arco grande antes de começar o de outro. Achei a leitura fácil e agradável, terminei o livro mas não tive animo de continuar lendo os outros, quem sabe um dia eu os termine, ainda mais que os livros ainda estão saindo e eu não gosto de ler série incompletas.

  • Bruno Freire

    Li o livro do Peter V. Brett, apesar de ser uma outra edição com outro nome “O Homem Pintado” que é a versão portuguesa (pode ser comprada no Brasil, inclusive em formato digital que está muito mais barata). Sobre o livro, eu gostei muito mais do início, quando está sendo estabelecido o desenvolvimento dos personagens. Eu não tenho mais paciência pra ler histórias com com capítulos separados por personagens, mas não tive esse problema nesse livro já que cada personagem tem um arco grande antes de começar o de outro. Achei a leitura fácil e agradável, terminei o livro mas não tive animo de continuar lendo os outros, quem sabe um dia eu os termine, ainda mais que os livros ainda estão saindo e eu não gosto de ler série incompletas.

  • Helber Viana de Lima

    Muito bom, gostei muito, como faço para participar.

    • Gabriel Franklin

      Helber, se você estiver querendo participar do A BOX FULL OF IRADEX, basta surpreender a gente de algum jeito em qualquer um dos canais de contato: e-mail, whatsapp, facebook, até por aqui nos comentários!
      Vou te dizer que já tem uma galera participando lá no nosso grupo do facebook, o bando de ruma!

  • Helber Viana de Lima

    Muito bom, gostei muito, como faço para participar.

    • Gabriel Franklin

      Helber, se você estiver querendo participar do A BOX FULL OF IRADEX, basta surpreender a gente de algum jeito em qualquer um dos canais de contato: e-mail, whatsapp, facebook, até por aqui nos comentários!
      Vou te dizer que já tem uma galera participando lá no nosso grupo do facebook, o bando de ruma!

  • Lucas Dias

    MUito booom… caraca Bernard Cornwell é show… e só pra questão informativa, a Trilogia do Graal continua no livro “1356” que tb é um livro muito bom… E o nome do personagem em Azincourt é Nicholas Hook, O Thomas é do Graal 🙂

    • Gabriel Franklin

      Pois é Lucas, a empolgação tava tanta que confundimos na hora!

      • Lucas Dias

        KKk Normal… As vezes eu confundo Derfel com Uhtred das Cronicas Saxonicas hjehehehe

        • Gabriel Franklin

          Cara, acontece comigo direto! Principalmente pq o Derfel parece muito com o Merlin em outro livro que eu li há anos atrás.

  • Lucas Dias

    MUito booom… caraca Bernard Cornwell é show… e só pra questão informativa, a Trilogia do Graal continua no livro “1356” que tb é um livro muito bom… E o nome do personagem em Azincourt é Nicholas Hook, O Thomas é do Graal 🙂

    • Gabriel Franklin

      Pois é Lucas, a empolgação tava tanta que confundimos na hora!

      • Lucas Dias

        KKk Normal… As vezes eu confundo Derfel com Uhtred das Cronicas Saxonicas hjehehehe

        • Gabriel Franklin

          Cara, acontece comigo direto! Principalmente pq o Derfel parece muito com o Merlin em outro livro que eu li há anos atrás.

  • Lucas Dias

    Ah.. mais informação.. Haviam 2 Papas… Um na França e um Em Roma. Mas a Briga no período do Azincourt era sobre quem seria o Rei legitimo da França. (se não me engano)

  • Lucas Dias

    Ah.. mais informação.. Haviam 2 Papas… Um na França e um Em Roma. Mas a Briga no período do Azincourt era sobre quem seria o Rei legitimo da França. (se não me engano)

  • Romenigue Igor

    A cada episódio do Iradex percebo que vocês estão cada vez mais entrosados. Isso não quer dizer que tenha faltado esse entrosamento nos episódios anteriores, mas sim pra dizer que hoje está demais ! Neste episódio em especial dá pra perceber que vocês conversavam com um sorriso no rosto, principalmente o PH. Vocês passaram essa sensação só com a voz ! Pode parecer besteira, mas acho isso sensacional. Me sinto um espectador de uma conversa de boteco. Fico ali de longe observando um grupo de amigos trocando ideias e fazendo piadas. Não é aquela gravação mecânica onde estão ali por “obrigação”. Continuem gravando o podcast com vontade. Da gosto de ouvir !

    No mais, me desculpem por não ter falado sobre os livros haha

    • Gabriel Franklin

      Valeu pelo comentário Romenigue! Essa é a intenção, que vocês percebam nosso “sorriso na voz”, pq ele é genuíno! =D

  • Romenigue Igor

    A cada episódio do Iradex percebo que vocês estão cada vez mais entrosados. Isso não quer dizer que tenha faltado esse entrosamento nos episódios anteriores, mas sim pra dizer que hoje está demais ! Neste episódio em especial dá pra perceber que vocês conversavam com um sorriso no rosto, principalmente o PH. Vocês passaram essa sensação só com a voz ! Pode parecer besteira, mas acho isso sensacional. Me sinto um espectador de uma conversa de boteco. Fico ali de longe observando um grupo de amigos trocando ideias e fazendo piadas. Não é aquela gravação mecânica onde estão ali por “obrigação”. Continuem gravando o podcast com vontade. Da gosto de ouvir !

    No mais, me desculpem por não ter falado sobre os livros haha

    • Gabriel Franklin

      Valeu pelo comentário Romenigue! Essa é a intenção, que vocês percebam nosso “sorriso na voz”, pq ele é genuíno! =D