Iradex Podcast 57: Bloodborne e FIFA Ultimate Team

Mais uma semana de podcast e, desta vez, os tópicos giraram em torno dos games. Foram dois: o lançamento Bloodborne e um modo específico do FIFA 15, no caso, o Ultimate Team. Confira as indicações, as comparações e descubra quem da equipe é viciado em ser técnico virtual no Football Manager.

Download e feed: DOWNLOAD MP3 // FEED RSS // iTUNES

Participaram desse podcast: Raphael PH Santos, Kaio Anderson, Gabriel FranklinBruno Cavalcante


Nesse programa

Links

Assine o podcast

R.I.P.A. (Rede Iradex de Podcasts Associados)

Contatos

Playlist do Kaio

  • Change

    Pô cara… fiquei até com pena agora… tá vou baixar esse podcast de vocês. Afinal, alguém tem que pular na água gelada primeiro, né ?

  • AdamsPinto

    Me senti representado. Bloodborne é vida. Na verdade, morte.
    Achei o papo super embasado, mas só senti falta de um detalhe ser citado: o medo real de morrer. Sentimento que eu não lembrava desde os Megaman do Nintendinho. Quando terminei de matar um bosso chamado Shadow of Yharnam, eu estava todo me tremendo e com taquicardia. Se isso não é uma experiência de jogo fantástica, não sei mais o que pode ser.
    Outra coisa interessante é que o jogo premia quem gosta de “futricar”, bisbilhotar tentando achar passagens secretas. Já encontrei sets de armaduras e itens fantásticos procurando onde não devia. 🙂
    Dica para ser feliz em Bloodborne: Faça quests paralelas e chegue no chefão totalmente munido de poções, bombas e apetrechos.
    PS: Bruno, no momento estou tentando matar Rom, a aranha, mas certamente o chefe que me deu mais ira foi Blood-Starved Beast porque ele é muito mais forte do que você e seus movimentos são extremamente rápidos e erráticos.

    • Pena que não deu pra tu gravar conosco esse episódio.

    • Bruno Cavalcante

      Verdade, boas observações! A Rom foi muito difícil também. Usei o flamethrower pra conseguir, e foi sofrido. Queria ter discutido mais o enredo, mas temi por acabar soltando muitos spoilers. A história do jogo é fenomenal!

      • losk

        Estou na Blood starved beast das dungeons.
        Essas dungeons são muito dificeis :/

  • AdamsPinto

    Me senti representado. Bloodborne é vida. Na verdade, morte.
    Achei o papo super embasado, mas só senti falta de um detalhe ser citado: o medo real de morrer. Sentimento que eu não lembrava desde os Megaman do Nintendinho. Quando terminei de matar um bosso chamado Shadow of Yharnam, eu estava todo me tremendo e com taquicardia. Se isso não é uma experiência de jogo fantástica, não sei mais o que pode ser.
    Outra coisa interessante é que o jogo premia quem gosta de “futricar”, bisbilhotar tentando achar passagens secretas. Já encontrei sets de armaduras e itens fantásticos procurando onde não devia. 🙂
    Dica para ser feliz em Bloodborne: Faça quests paralelas e chegue no chefão totalmente munido de poções, bombas e apetrechos.
    PS: Bruno, no momento estou tentando matar Rom, a aranha, mas certamente o chefe que me deu mais ira foi Blood-Starved Beast porque ele é muito mais forte do que você e seus movimentos são extremamente rápidos e erráticos.

    • Pena que não deu pra tu gravar conosco esse episódio.

    • Verdade, boas observações! A Rom foi muito difícil também. Usei o flamethrower pra conseguir, e foi sofrido. Queria ter discutido mais o enredo, mas temi por acabar soltando muitos spoilers. A história do jogo é fenomenal!

      • losk

        Estou na Blood starved beast das dungeons.
        Essas dungeons são muito dificeis :/

  • Mackenzie Melo

    A princípio eu não iria realmente ouvir esse episódio do Iradex, pois apesar de já ter jogado videogames antes, nunca fui daqueles jogadores de comprar jogos e ficar viciado. Então pensei: mas eu gosto tanto desses caras – PH, Kaio, Gabriel e Zé – que vou ouvir pois certamente a conversa será interessante! Não deu outra! Naturalmente não aproveitarei muito as dicas principais, mas gostei demais do curta que Kaio indicou e ainda mais de ouvir PH falar de Titanic, pois sempre achei o mesmo. Acho-o um filme pouco observado apesar de muito assistido. Rose é tão especial no filme e tão bem representada com suas dúvidas, incertezas e certezas no final que ambas as atrizes concorreram ao Oscar naquele ano! Parabéns por mais este episódio!

  • Mackenzie Melo

    A princípio eu não iria realmente ouvir esse episódio do Iradex, pois apesar de já ter jogado videogames antes, nunca fui daqueles jogadores de comprar jogos e ficar viciado. Então pensei: mas eu gosto tanto desses caras – PH, Kaio, Gabriel e Zé – que vou ouvir pois certamente a conversa será interessante! Não deu outra! Naturalmente não aproveitarei muito as dicas principais, mas gostei demais do curta que Kaio indicou e ainda mais de ouvir PH falar de Titanic, pois sempre achei o mesmo. Acho-o um filme pouco observado apesar de muito assistido. Rose é tão especial no filme e tão bem representada com suas dúvidas, incertezas e certezas no final que ambas as atrizes concorreram ao Oscar naquele ano! Parabéns por mais este episódio!

  • Rogério De Souza Silva

    Tenho vontade de jogar Bloodborne, mas hoje com a vida corrida eu acho complicado (além de não ter tanta paciência) um jogo tao difícil. Mas gostaria de ter.

    Ontem comecei o Witcher 3 e acho que vai ser difícil ele não ganhar como jogo do ano! Não joguei o Blood, mas posso falar que o Witcher é um exemplo de imersão.

    • Bruno Cavalcante

      Tô contigo. Comecei a poucos dias mas já colecionei muitas horas de The Witcher 3. Jogão! Um dos concorrentes a jogo do ano, certamente!

  • Rogério De Souza Silva

    Tenho vontade de jogar Bloodborne, mas hoje com a vida corrida eu acho complicado (além de não ter tanta paciência) um jogo tao difícil. Mas gostaria de ter.

    Ontem comecei o Witcher 3 e acho que vai ser difícil ele não ganhar como jogo do ano! Não joguei o Blood, mas posso falar que o Witcher é um exemplo de imersão.

    • Tô contigo. Comecei a poucos dias mas já colecionei muitas horas de The Witcher 3. Jogão! Um dos concorrentes a jogo do ano, certamente!

  • Henrique Sampaio

    Ótimo cast! Eu sou fanzaço de Dark Souls, mas não joguei Bloodborne porque ainda não comprei um PS4. Jogarei assim que eu tiver o console. Ah, o nome “Bloodborne” tem um “e” no final porque essa palavra significa “transmitido pelo sangue”, assim como “airborne” seria “transmitido pelo ar”.

    Sobre o Fifa Ultimate, eu já cheguei a jogar e é um modo muito bem feito pela EA. Só que eu troquei ele pelo Seasons “normal” porque ele demanda um investimento de tempo muito grande, principalmente se você não quiser utilizar dinheiro “de verdade”. E Football Manager é o jogo que eu mais joguei na minha vida! Devo ter trilhões de horas jogadas no FM 2012. E essa relação que você forma com um clube é incrível. Assim como Bruno se apaixonou pelo York, eu me afeiçoei ao Cardiff, à Udinese, ao Wolfsburg e tantos outros. Um fator que vocês não comentaram é o de treinar o seu clube do coração, no meu caso o Santa Cruz daqui de Recife. É muito bom se tornar ídolo do time para o qual você torce. Atualmente eu tenho jogado com o RB Leipzig, na segundona da Alemanha (comecei na terceira).

    • Gabriel Franklin

      Isso de treinar o time do coração é engraçado. Quando eu jogava o PES 2011, tinha uma versão com os clubes brasileiros na master liga, inclusive a série B. Como não tinha a Libertadores ainda, os clubes brasileiros jogavam a Champions League. Resultado: Final da Champions Ceará x Chelsea. =D

      • Meu pai, de 65 anos, joga e chega no Mundial Interclubes com o Ceará pra brigar com o Barcelona. hahahaha.

  • Henrique Sampaio

    Ótimo cast! Eu sou fanzaço de Dark Souls, mas não joguei Bloodborne porque ainda não comprei um PS4. Jogarei assim que eu tiver o console. Ah, o nome “Bloodborne” tem um “e” no final porque essa palavra significa “transmitido pelo sangue”, assim como “airborne” seria “transmitido pelo ar”.

    Sobre o Fifa Ultimate, eu já cheguei a jogar e é um modo muito bem feito pela EA. Só que eu troquei ele pelo Seasons “normal” porque ele demanda um investimento de tempo muito grande, principalmente se você não quiser utilizar dinheiro “de verdade”. E Football Manager é o jogo que eu mais joguei na minha vida! Devo ter trilhões de horas jogadas no FM 2012. E essa relação que você forma com um clube é incrível. Assim como Bruno se apaixonou pelo York, eu me afeiçoei ao Cardiff, à Udinese, ao Wolfsburg e tantos outros. Um fator que vocês não comentaram é o de treinar o seu clube do coração, no meu caso o Santa Cruz daqui de Recife. É muito bom se tornar ídolo do time para o qual você torce. Atualmente eu tenho jogado com o RB Leipzig, na segundona da Alemanha (comecei na terceira).

    • Gabriel Franklin

      Isso de treinar o time do coração é engraçado. Quando eu jogava o PES 2011, tinha uma versão com os clubes brasileiros na master liga, inclusive a série B. Como não tinha a Libertadores ainda, os clubes brasileiros jogavam a Champions League. Resultado: Final da Champions Ceará x Chelsea. =D

      • Wesley Rocha

        Meu pai, de 65 anos, joga e chega no Mundial Interclubes com o Ceará pra brigar com o Barcelona. hahahaha.

  • DiegoArtur

    Sempre joguei o modo temporadas do Fifa e gosto
    bastante. Tinha um preconceito com o Ultimate Team por achar que só dava pra
    jogar bem se vc gastasse dinheiro nele. Me animei com o cast e fui jogar um
    pouco o UT. Achei legal que da pra tirar um boa grana so com jogos e as
    temporadas (eu acho que dá. ainda não joguei o bastante pra ver se rola isso
    mesmo), mas achei o esquema de editar o time muito confuso e pouco intuitivo.
    Vou continuar jogando. Ah, to jogando the witcher agora, mas pode ter certeza que o próximo jogo vai
    ser o Bloodborne. E já estou jogando na dificuldade máxima pra ir me preparando
    para ele.

  • Diego Artur

    Sempre joguei o modo temporadas do Fifa e gosto
    bastante. Tinha um preconceito com o Ultimate Team por achar que só dava pra
    jogar bem se vc gastasse dinheiro nele. Me animei com o cast e fui jogar um
    pouco o UT. Achei legal que da pra tirar um boa grana so com jogos e as
    temporadas (eu acho que dá. ainda não joguei o bastante pra ver se rola isso
    mesmo), mas achei o esquema de editar o time muito confuso e pouco intuitivo.
    Vou continuar jogando. Ah, to jogando the witcher agora, mas pode ter certeza que o próximo jogo vai
    ser o Bloodborne. E já estou jogando na dificuldade máxima pra ir me preparando
    para ele.

  • senna_4ever

    ja que citaram o FM, faz um podcast sobre o jogo

  • senna_4ever

    ja que citaram o FM, faz um podcast sobre o jogo

  • Fabio Correia

    Ótimo cast ainda mais quando o assunto é um jogo da From Software, creio que o programa deixou muita gente com vontade de jogar o Bloodborne afinal é um jogão sou amante da series Souls e considero o Demons e o primeiro Dark soul os melhores da From no quesito de mecânicas, multiplayer e historia- Artorias S2- mais graficamente o Bloodborne é impecável,

  • Fabio Correia

    Ótimo cast ainda mais quando o assunto é um jogo da From Software, creio que o programa deixou muita gente com vontade de jogar o Bloodborne afinal é um jogão sou amante da series Souls e considero o Demons e o primeiro Dark soul os melhores da From no quesito de mecânicas, multiplayer e historia- Artorias S2- mais graficamente o Bloodborne é impecável,

  • senna_4ever

    voces falaram mais de FM que de ultimate kkkkkk
    façam um cast de FM que eu divulgo ate no fmanager
    se precisarem de gente para depoimentos sobre o jogo, ja me candidato ao cast kkk

  • senna_4ever

    voces falaram mais de FM que de ultimate kkkkkk
    façam um cast de FM que eu divulgo ate no fmanager
    se precisarem de gente para depoimentos sobre o jogo, ja me candidato ao cast kkk

  • João Eugênio C. Brasil

    Eu tinha algumas dúvidas quanto ao Bloodborne ainda…… e as explicações e comentários acabaram com todas elas!!!! Foi uma belíssima indicação com uma sensacional explanação…. As indicações têm sido mais variadas e isso é ótimo…..

    A indicação do PH foi show também…. sempre tive muita paciência para este tipo de mecânica, administrando equipes, desde os tempos do Madden!!!!

    Continuem com essa pegada pois está show…. ou melhor….está Iradex!!!!!

  • João Eugênio C. Brasil

    Eu tinha algumas dúvidas quanto ao Bloodborne ainda…… e as explicações e comentários acabaram com todas elas!!!! Foi uma belíssima indicação com uma sensacional explanação…. As indicações têm sido mais variadas e isso é ótimo…..

    A indicação do PH foi show também…. sempre tive muita paciência para este tipo de mecânica, administrando equipes, desde os tempos do Madden!!!!

    Continuem com essa pegada pois está show…. ou melhor….está Iradex!!!!!

  • Caio Cesar

    Finalmente encontrei alguém que também considera Eternal Darkness. E é sim um dos melhores jogos do GameCube. Recentemente eu pude readquirir um exemplar dele, comprei pelo eBay, apesar de ter envelhecido no gráficos, o que é normal, pra quem nunca jogou vale muito a pena. É dos poucos jogos do GameCube que é obrigatório.

  • Caio C

    Finalmente encontrei alguém que também considera Eternal Darkness. E é sim um dos melhores jogos do GameCube. Recentemente eu pude readquirir um exemplar dele, comprei pelo eBay, apesar de ter envelhecido no gráficos, o que é normal, pra quem nunca jogou vale muito a pena. É dos poucos jogos do GameCube que é obrigatório.

  • Football Manager é lindo, até hoje eu jogo, comecei no CM 01/02, ou seja, lá se vão 13 anos jogando. Atualmente jogo com o time da minha cidade, Maranguape, fiz o material esportivo, baixei os logos do clube. Comecei na série regional e na segundona do campeonato cearense usando o update Mundial Up, acabei de subir pra série A do Brasileiro, sendo campeão da série B e Bi-campeão cearense. Minha meta atual é ser hexacampeão cearense, campeão da copa do nordeste, campeão brasileiro série A e ir para a libertadores, estou no ano de 2024. A magia do FM é você não poder impactar no resultado controlando os jogadores, você deve usar conhecimento de futebol, puro e simples.

    • phsantos

      Há duas semanas que não mexo no meu derby. Tava chateado com as atitudes de alguns atletas e resolvi dar um gelo no jogo. Ler isso fez eu ter vontade de voltar ao meu dever. Hoje a noite, depois de gravar, voltarei para o meu Derby e darei um jeito naqueles mercenarios!

      • Jogador banqueiro e mercenário eu vendo, essa é minha regra de ouro!! Tem muito jogador desse tipo que cai de rendimento quando recebe renovação de contrato e sempre pedem aumentos irreais após receberem propostas de outro clubes.

      • Football Manager dá um programa bom, tanto para falar de causos que tivemos, como dá própria mecânica e inteligência do jogo, a base de dados dos jogadores extremamente acurada, com as características próximas ao real, os newgens promissores que descobrimos e guardamos na memória. É o tipo de jogo que é muito bom tecnicamente, aclamado pelos seus jogadores, elogiados por profissionais do futebol e pouco reconhecido pela mídia gamer.

  • Wesley Rocha

    Football Manager é lindo, até hoje eu jogo, comecei no CM 01/02, ou seja, lá se vão 13 anos jogando. Atualmente jogo com o time da minha cidade, Maranguape, fiz o material esportivo, baixei os logos do clube. Comecei na série regional e na segundona do campeonato cearense usando o update Mundial Up, acabei de subir pra série A do Brasileiro, sendo campeão da série B e Bi-campeão cearense. Minha meta atual é ser hexacampeão cearense, campeão da copa do nordeste, campeão brasileiro série A e ir para a libertadores, estou no ano de 2024. A magia do FM é você não poder impactar no resultado controlando os jogadores, você deve usar conhecimento de futebol, puro e simples.

    • phsantos

      Há duas semanas que não mexo no meu derby. Tava chateado com as atitudes de alguns atletas e resolvi dar um gelo no jogo. Ler isso fez eu ter vontade de voltar ao meu dever. Hoje a noite, depois de gravar, voltarei para o meu Derby e darei um jeito naqueles mercenarios!

      • Wesley Rocha

        Jogador banqueiro e mercenário eu vendo, essa é minha regra de ouro!! Tem muito jogador desse tipo que cai de rendimento quando recebe renovação de contrato e sempre pedem aumentos irreais após receberem propostas de outro clubes.

      • Wesley Rocha

        Football Manager dá um programa bom, tanto para falar de causos que tivemos, como dá própria mecânica e inteligência do jogo, a base de dados dos jogadores extremamente acurada, com as características próximas ao real, os newgens promissores que descobrimos e guardamos na memória. É o tipo de jogo que é muito bom tecnicamente, aclamado pelos seus jogadores, elogiados por profissionais do futebol e pouco reconhecido pela mídia gamer.