EntreMundos - Livro 1, de Neil Gaiman e Michael Reaves

EntreMundosEm uma infinidade de mundos, tudo não é só possível, é obrigatório.

As teorias sobre universos paralelos são numerosas como grãos de areia e tão antigas quanto o nosso arrependimento pelos erros cometidos. Ao longo dos séculos, elas serviram de combustível para a criatividade humana nos mais variados campos, indo das obras de ficção científica até a Cosmologia Física (não sei vocês, mas só o nome já me arrepia).

Você com certeza já se perguntou como estaria agora se tivesse tomado uma decisão diferente em algum ponto importante da sua vida: se tivesse ido pra aula de violão ao invés de ir pra escolinha de futebol; se tivesse feito vestibular pra História ao invés de Direito; ou se tivesse escolhido o Squirtle ao invés do Charmander.

Há quem diga que uma chance perdida nunca pode ser recuperada (aparentemente ela está no mesmo lugar que a flecha atirada, a palavra dita e a caneta bic perdida). Mas há quem diga também que ela ainda existe em algum lugar, só não nesse mundo.

É justamente esse lugar que a dupla Neil Gaiman/Michael Reaves lhe convida a conhecer em EntreMundos (InterWorld). O primeiro da dupla dispensa apresentações (se você nunca ouviu falar de Neil Gaiman pare tudo que está fazendo e leia isto). Já o segundo precisa de uma apresentaçãozinha, mas apesar de você não reconhecer pelo nome, vai ver que é um velho conhecido seu.

Ele já fez Caverna do Dragão

Michael Reaves é um simpático autor americano de 63 anos que se especializou em escrever séries animadas durante os anos 80/90. Várias chegaram ao Brasil e fizeram grande sucesso: He-man, Conan, Tartarugas Ninja e Homem Aranha. Completam essa lista duas das maiores alegrias da minha infância e da sua, se você tiver nascido nos anos 80/90: Caverna do Dragão e Batman! Pelo Batman, Reaves ganhou um Emmy de melhor escritor para série animada em 1993. Já na Caverna do Dragão, ele escreveu vários episódios, inclusive o último, chamado de Requiem, que nunca foi ao ar, mas que faz parte do nosso imaginário coletivo há mais de 20 anos (no seu site pessoal ele comenta o episódio e o porque de não ter sido produzido, trazendo inclusive uma adaptação em forma de radionovela).

O que esperar então de uma obra conjunta de dois gênios da escrita fantástica? Somente o melhor!

O Enredo

O enredo gira em torno de Joey Harker, um jovem desorientado (literalmente!) que se vê no meio de uma disputa cósmica pela hegemonia de uma parcela (considerável) da Criação. Ao longo de sua jornada, vamos juntos descobrindo nuances de conceitos não tão fantásticos assim, mas apresentados de uma forma tão gostosa que dá pena de terminar o livro.

Essa fórmula de misturar ciência especulativa e fantasia promete nos entreter por um bom tempo.

EntreMundos, publicado no Brasil pela editora Rocco, é o primeiro livro de uma trilogia, que já teve seu segundo livro publicado em 2013 (chamado The Silver Dream, mas ainda sem previsão de tradução), com promessa do terceiro para esse ano.