O Cravo Bem Temperado: Toccata

Por Vinicius Hilario

Você sabe o que é uma Toccata?

Lendo e estudando sobre a história da música erudita, observo os diferentes gêneros e períodos e percebo o quanto ainda tenho a aprender. São muitos subgêneros e estilos ainda à serem desbravados. O mais bonita da música é o quanto ela nos surpreende.

Na renascença um virtuoso estilo de composição nasceu, a chamada tocata (ou toccata, em italiano), obra construída para instrumentos de teclas, especialmente os pianos, cravos e órgãos. Inúmeras criações surgiram a partir de 1590 no nordeste da Itália, onde compositores como Adriano Banchieri (1568-1634), Claudio Merulo (1533–1604), Giovanni Gabrieli (nascido entre 1555 e 1557-1612) e Luzzasco Luzzaschi (1545-1607) deixaram sua marca. O termo toccata deriva do italiano “toccare”, que significa tocar.

Em sua origem, as obras deste estilo musical não foram criadas para serem apresentadas em público, mas apenas para o aprendizado e treino de compositores e músicos. As Tocatas demonstravam a habilidade do solista com seu instrumento e a técnica deste para executar uma obra. A improvisação em muitas tocatas eram bem vindas. A mudança de fluxo e na composição acontecia constantemente. O dedilhar sobre o instrumento e a alta velocidade aplicados sobre ele, demonstravam a habilidade de quem os tocava. Entre uma das características mais evidentes, está o uso de corridas rápidas sobre o instrumento, apresentando uma melodia acelerada e palpitante.

Tocatas de Johann Sebastian Bach (1685-1750), por exemplo, são muito conhecidas no mundo da música, por conta de sua extrema dificuldade. Antigamente utilizava-se a tocata como o início de algumas composições, o que hoje chamamos musicalmente de prelúdio. Bach sempre fazia o acompanhamento de suas tocatas com uma fuga. Fuga é uma técnica de composição baseada em temas, onde estes são expostos e repetidos na composição, com diferentes melodias que se sobrepõem. Na fuga musical o tema é repetido por outras vozes – em algumas partes da música – inseridas diversas vezes de maneira entrelaçada.

Talvez a composição mais conhecida desse estilo seja a “Toccata and Fugue”, do próprio Bach, que possivelmente você já ouviu, apesar de nunca ter sabido quem a escreveu e a que estilo pertence. A Tocata e Fuga em ré menor é uma dessas grandes obras cuja finalidade não se prestava ao culto religioso nem às lições pedagógicas, mas era reservada somente ao deleite intelectual dos musicistas.

Música de tempos antigos marcaram o apogeu do órgão, instrumento muito renegado nos dias de hoje, mas de som muito característico e facilmente identificável. Aproveite para ouvir o som peculiar e embarque nessa viagem.

Playlist

Clique aqui para ouvir no Spotify


O Cravo Bem Temperado é uma coluna escrita por Vinicius Hilario, para nos aproximar da música erudita com um olhar atual e descomplicado.
Experimente, aprofunde-se, e deixe a boa música guiar suas emoções.

  • Adah Conti

    Mais uma lição aprendida. Gracie.

    • Vinícius Hilario

      <3