Game of Thrones – Temporada 7 Episódio 5 | Sete Reinos 38

Povo Westerosi!

Dessa vez nos reunimos para comentar o polêmico quinto episódio da sétima temporada de Game of Thrones.
Vemos a trama seguir em ritmo acelerado, mas alguns caminhos e algumas motivações são bem indigestas! Jaime escapa e acaba por encontrar Tyrion, que lhe propõe um acordo. O desinteresse dos Meistres por suas questões faz o Sam tomar uma decisão drástica. A Arya está na cola do Mindinho procurando descobrir o que ele tem feito. E Jon Snow, junto com mais alguns, retorna para a Muralha e forma uma equipe para uma missão que parece um tanto quanto suicida.

O que temos a falar sobre tudo isso você escuta nesta edição do Sete Reinos!

Ah, e conta pra gente nos comentários do post o que tá achando da série e do podcast, sua opinião é fundamental. Ah, e compartilha este podcast com os amigos que ainda não nos conhecem!

Spoilers até o 5º episódio da 7ª Temporada da série.

Novo Feed

Atenção: O feed do Sete Reinos mudou. Para acompanhar os novos episódios, assine novamente utilizando um dos links abaixo, ou busque por Sete Reinos em seu agregador de podcasts. O feed antigo não será mais atualizado.

ASSINE FEED RSS // iTUNES

Download: DOWNLOAD MP3

Participaram desse podcast: Kaio Anderson, Gabriel FranklinJoão Luiz e Rafaela Rebouças.


Contribua com o Padrim do Iradex

keep-calm

Links

Live do Vida & Arte (Jornal OPovo) sobre o S07E05 de GOT com participação do Kaio

Sobre

O Sete Reinos é um podcast sobre o universo criado por George R.R. Martin para o livro As Crônicas de Gelo e Fogo. Aqui, abordaremos Game of Thrones (Guerra dos Tronos) como uma franquia, passando por literatura, TV, games, jogos de tabuleiro e demais escritos do velho Martin. Quando a série da HBO estiver em cartaz, faremos uma edição do podcast a cada dois episódios inéditos da série.

Rede Iradex

  • Iradex Podcast - assine o feed do podcast sobre Game of Thrones e a obra do George R. R. Martin (Feed RSS)
  • HQ Sem Roteiro - assine o feed do podcast especializado em quadrinhos da RIPA (Feed RSS)
  • Pilotando - assine o feed do podcast sobre o primeiro episódio de séries (Feed RSS)

Contatos

  • AJ Oliveira

    Vou fazer papel de lobo solitário e comentar aqui sobre o episódio. rs

    E aí, pessoal. Tudo bem? Imagine aquela festa que você bebeu além da conta e sabe que o preço disso será acordar morrendo de ressaca depois de algumas horas desmaiado na cama. Imaginou? Pois é, depois daquele show cinematográfico forrado por Labaredas, sangue e dothrakis era óbvio que rolaria uma caída no episódio seguinte, e que isso serviria de preparação para a reta final de Game of Thrones. Até aí, don’t panic, não daria pra se estressar se rolassem uns debates intermináveis à lá House of Cards, afinal, você sabia que ia rolar ressaca após tamanho festão. Entretanto, o problema se dá quando você acorda só esperando uma ressaca, mas percebe que abriu os olhos na cama de um hospital e recebendo meio litro de glicose.

    Na escala etílica dessa figura de linguagem, esse episódio 05 foi um verdadeiro coma alcoólico causado por um roteiro de fanfic com erros grotescos.

    Se for pra citar todas as incongruências do episódio, além do comentário n ser lido (nem assim acho que será) vai ficar grande pra caceta, então vou evitar me aprofundar no que já disseram no programa.

    Se for pra resumir em uma frase: “O problema é o quanto produtores estão optando por saídas infantilóidemente fáceis para resolver os arcos e criar os conflitos”.

    Ah, uma coisa, eu até perdoo a entrada do Gendry e a “motivação” dele, mas acho que deveria ser melhor trabalhado o fato de a Casa Baratheon ter sido criada a partir de um bastardo de baixa classe, isso talvez inserisse um saudosismo “ok”.
    .
    .
    Pois bem, na minha opinião, o erro fatal desse episódio foi a”BarrigaExMachina” da Cersei. Desde o início da série, vemos um esforço infinito dos produtores para “nerfar” o poder de fogo da Daenerys. Eles destruíram os barcos, mataram duas casas, tiraram os imaculados de cena, e agora, com chave de ouro, decidem que vão chutar o balde criando o pior planos do mundo desde o “primeiro a gente tira a Dilma”. Mas poxa AJ, mas vc não ia falar da gravidez? Pois é, o problema é que esse plano imbeciloide só pode existir de houver uma trégua da rainha que está disposta a sambar nas cinzas do mundo só pra vencer a guerra. Sendo mais claro: você cria uma personagem, arranca tudo o que importa pra ela e a torna uma espécie de Franco Atiradora. A partir daí ela faz discursos incríveis, diz que vai governar pra ela (e que o futuro se Fod#), mas aí você destrói toda essa construção enfiando um filho nela, um filho que oportunamente aparece pra fazer a Cersei permitir a tregua idiota para o plano idiota. E faço minhas as palavras de minha amiga Clara Madrigano “Não existem coincidências absurdas, existem roteiros mal escritos”.

    Tentei resumir minha revolta com esse coma alcoólico. Ta difícil, mas espero que não repitam uma m#rda dessas faltando tão pouco pra acabar a temp.

    #VoltaMartin #EnsinaEles

    PS:tomara que o pai seja o Qyburn, só de raiva. .

    • Acho que o artístico, a gravidez, o plano bosta… Tudo é pra sustentar por mais uma temporada os Lannister no trono. Eles não querem retirar da série nessa temporada Cersei e Jaime, que estão entre os mais bem pagos além de estarem entre o Hall de melhores atores da série.
      De toda forma, nada mais certo do que #VoltaMartin

      • AJ Oliveira

        É uma boa hipótese. Eu acho que pela primeira vez temos a chance de ver o trabalho dos roteiristas com algo “original”, algo que eles se mostram totalmente abaixo do Martin. Não lembro quem foi que comentou, mas é como se essa nova temporada fosse uma série diferente das outras temporadas, isso é bem complicado .-.

        Além desses pontos que você levantou, acho que a preguiça dos showrunners tbm ajuda.

    • E brigado pelo ótimo comentário, man!
      E vê se não fura em Setembro.

  • Lucas Nascimento

    Gabriel me representa nesse cast

  • Bruno Azevendo

    Fica meio chato o cast quando todo mundo soh reclama e critica… soh uma sugestão, é bom ter alguém para contrapor se não vira um cara igual esse, apenas para falar mal da série.. .

    • Ana Louise

      Cara, apenas uma pessoa realmente não tinha gostado do episódio, e ele defendeu seu ponto de forma bem branda até. Os outros gostaram, mas comentaram os erros do episódios também afinal é pra isso que o serve o podcast, para fazer análise e dar opiniões. Não é culpa deles se o episódio foi realmente cheio de falhas, e a maioria até comentou coisas boas também. O Sete Reinos faz muito bem em trazer opiniões diferentes em cada cast x)

      • Bruno Azevendo

        Hehe, pelo meu ponto de vista a maioria não gostou do episódio… agora quero ver oque vão falar sobre o episódio de domingo, pq até eu que relevo bem mais pequenos deslizes da série achei estranho…

        • HSCB

          Tipo “de onde vieram aquelas correntes” … kkkkk

        • Milene Ste

          Também só achei q 1 pessoa não gostou mesmo. Eu só gostaria que tivesse uma pessoa q n leu os livros como representante dos civis. Pq tenho conversado com as pessoas q só assistem a série no domingo (e n consomem outros conteúdos) e percebi q muitas coisas n ficam claras para essas pessoas. Saudades, Jurandir!

    • Oi Bruno. Na real, falamos bem de várias coisas. Como a Ana disse, só uma pessoa não gostou em absoluto do episódio.
      Eu gostei de muitas coisas e até defendi muitas delas. Mas tem coisas que não tem defesa, como o plano estúpido e as falhas de roteiro e montagem que não transmitem a passagem do tempo, é tudo imediato demais.

  • Caesar

    Caramba… O Gabriel F tá muito armagurado. O que aconteceu? O bicho só reclama…

    Volta com o Igor aí pelo amor de deus.

  • falarei sobre o bran dos livros (meu pov preferido) com o intuito de ajudar na discussão que vcs tiveram sobre a possilidade ou não de um dragão poder ser “alcançado”.

    jojen diz ao bran em ‘a dança dos dragões’ (infelizmente, não tenho a passagem em mãos) que os mais poderosos videntes verdes (não essa história de corvo de 3 olhos*) é capaz de trocar de pele com qualquer animal, seja em terra, água e ar.

    sobre o bran da série, a cena com os corvos é legal.

    no entanto, como não foi mostrado na série em que momento ele se tornou capaz de trocar de pele com um (quem dirá mais) corvo(s).

    ou seja, qualquer coisa que ele fizer daqui pra frente entrará na conta do “software” que está incorporado na função de c3o.

    voltando ao bran dos livros, eu não tenho a menor dúvida de que essa troca múltipla de peles com corvos ocorrerá, pois como disse lord brynden: “A thousand eyes, a hundred skins, wisdom deep as the roots of ancient trees. Greenseers.”

    *c3o foi apenas a forma de apresentação que brynden rivers usou ora se comunicar com bran em seus sonhos. já bran ao se comunicar com seu irmão em ‘a fúria dos reis’ utilizou a forma de um represeiro de 3 olhos, sendo esta a maneira que eu gosto de me referir a ele.

  • felizmente o dragão de gelo (cujo nome é inverno) só vai aparecer nos livros.

    se não me engano, o 1º cast dos sete reinos fala justamente sobre o conto do dragão de gelo – há comentários meus lá.

    novamente, wight dragon não é o mesmo que ice dragon e fico espantado com quem se diz fã do grrm e insiste em usar termos incorretos em detrimento dos corretos.

    continuem o cast pq semana que vem o bixo vai pegar!

    • Milene Ste

      Eu acho q n vai ser um dragão Wight, acho q vai ser tipo WW. Na vibe do q o Rei da Noite fez com o filho do Craster..

      • Wights are dead men or creatures raised up by the Others, seemingly when touched by the cold that accompanies them.

        Ice dragons … are far larger than the dragons of Valyria and are made of living ice, with eyes of pale blue crystal, vast translucent wings, and breath of cold.

        source: a wiki of ice and fire

        • Milene Ste

          Ai migo… Pliss.. 🙄

  • Milene Ste

    A afronta do Kaio pro Adams nessa live… Hahauahuahauahauahauahauahauaua

  • Elton Morais

    Gabriel voltou! Revoltado, mas voltou o/.
    Adams em 3 minutos de áudio resumiu os principais problemas do episódio de uma forma q nem eu ainda tinha percebido (análise crítica pessoal).
    Team massa, pena q n dá pra gravar com 8, 10 pessoas.
    Gendry só fica sabendo sua filiação por “Sandra”, então ele nunca havia tido essa coisa de “sou predestinado a grandes coisas pq sou bastardo da linhagem tal”
    Ótimo review!