Um Quase Meistre me Contou: O que aconteceu em The Spoils of War (S07E04) - Game of Thrones

Por Thayná Lomba e Roberto Rudiney

Povo Westerosi!

Voltamos com o nosso resumo semanal e hoje vamos falar desse episódio que está nos fazendo gritar DRACARYS desde domingo.

A sinopse oficial de The Spoils Of War foi : Daenerys contra-ataca. Jaime enfrenta uma situação inesperada. Arya volta para casa.

A PARTIR DE AGORA A NOITE É ESCURA E CHEIA DE SPOILERS. LEIA POR SUA CONTA EM RISCO.

Núcleo Porto Real

Nesse episódio vimos que Cersei realmente conseguiu o apoio do banqueiro de Braavos devido à conquista no Jardim de cima. O banqueiro chega a dizer que a rainha ultrapassou seu pai, Tywin Lannister, na questão de eficiência no pagamento de suas dívidas. Cersei também revela seus próximos passos ao banqueiro, dizendo que deseja aumentar sua frota marítima e que Qyburn já andou sondando a Companhia Dourada (sim, a mesma dos livros que vai a Westeros com o Jovem Griff) para aumentar seu exército.

Núcleo Norte

Vimos um diálogo entre Bran e Mindinho em que Baelish diz que, se pudesse, teria feito de tudo para salvar Catelyn Stark, por quem ele era apaixonado, mas já que não conseguiu irá fazer de tudo para ajudar os filhos de Cat. Após isso Mindinho entrega a Bran a adaga que quase o matou, quando ele ainda estava em coma lá na primeira temporada. Bran então o surpreende ao lhe dizer a frase “O caos é uma escada.”, já dita por Mindinho ao Varys lá na terceira temporada.

Após isso Meera chega no quarto onde os dois estão e conta a Bran que está indo embora pois, quando os White Walkers chegarem, ela que estar com sua família. O agradecimento frio do Stark faz com que Meera fique com raiva e diga que ele morreu na caverna junto com Hodor e Verão.

Nesse episódio vimos mais uma Stark chegar em casa. Numa cena muito boa, Arya finalmente retorna a Winterfell. Ela foi impedida de entrar pelos guardas, já que todos a consideravam como morta. Após um diálogo e algumas ameaças por parte da pequena Stark, os guardas a deixam entrar mas pedem que ela espere enquanto falam com a Lady Stark que, para surpresa de Arya, é sua irmã. Enquanto os guardas discutem quem vai falar da chegada de Arya para Sansa, ela some. Ao contarem isso para Sansa, ela imediatamente sabe onde sua irmã está e vai de encontro a ela.

O reencontro entre as irmãs acontece nas criptas de Winterfell, em frente a estátua do pai delas, Ned Stark, e foi mais emocionante que o encontro entre Sansa e Bran.

Após uma breve conversa sobre o que as duas passaram nesse tempo, sem muitas revelações, Sansa conta a Arya que Bran também está ali.

O encontro de Bran e Arya é frio como o do episódio anterior. Bran diz a Arya que a viu na estalagem do enforcamento e que achou que ela iria para Porto Real. Após isso ele entrega a adaga de Mindinho, alegando que um aleijado não precisa de uma adaga de aço valiriano.

Arya tem mais um reencontro nesse episódio, dessa vez com Brienne que estava treinando com Podrick. A Stark pede para treinar com Brienne e surpreende a todos ao lutar inacreditavelmente bem.

Ao ser perguntada por Brienne sobre com quem ela aprendeu a lutar tão bem, Arya responde “ninguém”.

Núcleo Pedra do Dragão

Jon leva Daenerys as cavernas onde está o vidro de dragão. Ele mostra a ela algumas pinturas nas paredes que foram feitas pelos Filhos da Floresta. As pinturas revelam que os primeiros homens lutaram juntamente com os Filhos da Floresta contra os White Walkers e Jon diz que eles precisam fazer o mesmo, se unir contra o Rei da Noite. Daenerys diz que aceita unir-se a Jon nessa batalha mas somente se ele se ajoelhar a ela.

Após isso Dany recebe de Tyrion a notícia que o Jardim de Cima foi tomado pelos Lannisters. A Mãe dos Dragões então diz que irá a Fortaleza Vermelha com seus dragões.

Todos a repreendem e dizem que pode ser muito perigoso e ela diz que “está cansada de seguir planos inteligentes e que rainha seria ela se não estivesse disposta a morrer pelo seu povo”. Além disso ela acusa Tyrion de estar complacente com os inimigos dela pois eles são sua família e indaga a Jon Snow sobre o que deveria fazer e ele também se opõe a decisão dela.

Também vimos um barco Greyjoy chegar a Pedra do Dragão e ser recebido por Jon, Davos, Missandei e Varys. Neste barco veio Theon Greyjoy que ficou surpreso ao ver Jon e pergunta por Sansa. Jon o recebe com um solavanco e diz que só não o matará pelo o que ele fez por sua irmã. Theon é questionado sobre Yara e diz que ela foi levada por Euron, informando que voltou para pedir ajuda a Daenerys para resgatá-la. Ele então é informado que a rainha não está mais lá.

Batalha na Campina

Jaime e Bronn estão escoltando, com ajuda do exército Lannister, todo o saque que foi feito na campina (ouro, grãos e mantimentos). Jaime pede para que Bronn acompanhe o Lorde Tarly pela campina a fim de recolher o restante das colheitas e é nesse momento começa a grande batalha (até o momento) da temporada.

Enquanto estão indo a caminho de Porto Real os soldados Lannisters são surpreendidos por um exército de Dothrakis furiosos. Quando todos achavam que não podia piorar, Daenerys surge no horizonte montada em Drogon, ateando fogo em tudo que estava pela frente (como esperamos por esse momento, não é mesmo?). Vimos muitos soldados em chamas virando pilhas de cinzas. Sem ver solução, Jaime manda Bronn pegar o “Escorpião” do Qyburn, a arma que o ex-meistre fez para matar os dragões.

Bronn consegue acertar o peito do Drogon fazendo com que Daenerys pousasse com ele. Enquanto Dany tenta tirar o “arpão” do peito do dragão, Jaime vê a oportunidade de atacá-la.

Numa cena de tirar o fôlego, vemos Jaime bem de frente com Drogon e quando o dragão iriaa fazer churrasquinho de Lannister, alguém veio e empurrou o Regicida na água.

E o episódio encerra com Jaime afundando no lago e sem sabermos se ele será salvo ou não.

Tanta coisa aconteceu no episódio que foi até difícil de fazer esse resumo. Quer saber com mais detalhes o que rolou e ter uma análise mais detalhada? Ouça agora o Sete Reinos!