Um Ex-Meistre me Contou: O que aconteceu em The Queen's Justice (S07E03) - Game of Thrones

Por Thayná Lomba e Roberto Rudiney

Continuamos nosso resumo semanal da sétima temporada de Game Of Thrones. O episódio dessa semana tem o nome The Queen Justice e a sinopse original é: “Daenerys (Emilia Clarke) abre sua corte. Cersei (Lena Headey) devolve um presente. Jaime (Nikolaj Coster-Waldau) aprende com seus erros.”

Vamos ao que aconteceu:

A PARTIR DE AGORA A NOITE É ESCURA E CHEIA DE SPOILERS. LEIA POR SUA CONTA EM RISCO.

Núcleo Pedra do Dragão

Finalmente o encontro entre gelo e fogo aconteceu. Vimos Jon e Davos chegarem a Pedra do Dragão onde foram recepcionados por Missandei e vários Dothrakis. Durante o caminho até o castelo, Jon avista pela primeira vez os dragões.

O encontro entre Daenerys e Jon foi bem tenso já que o Rei do Norte se recusou a ajoelhar perante a Mãe de Dragões. A tensão no ar aumentou quando Jon Snow lembrou que foi o Rei Aerys II, pai da Daenerys, quem matou seu tio Brandon Stark e seu avô Rickard Stark.

A Não-Queimada propõe a Jon que ele se ajoelhe assim como fez Torrhen Stark, o último Rei do Norte que se ajoelhou para Aegon, o Conquistador, mas o atual Rei do Norte novamente se nega.

A rainha então propõe que Jon se ajoelhe e se una a ela na luta contra Cersei, e mais uma vez um não é a resposta. O objetivo de Jon é unir forças contra os inimigos que, para ele, são os mais temidos e importantes no momento: o Rei da Noite e os White Walkers. Essa discussão é interrompida por Varys, que traz a notícia de que os barcos Martell e Greyjoy foram atacados por Euron.

Num outro momento vimos uma conversa entre Jon e Tyrion, que remete muito a primeira temporada, quando os dois foram para a muralha. Jon fala para o anão que foi para Pedra do Dragão atrás de minerar vidro de dragão. Após essa conversa Tyrion conta a Daenerys sobre a intenção do bastardo e a rainha autoriza a mineração com intuito de conquistar a confiança de Jon.

Também em Pedra do Dragão tivemos um diálogo entre Varys e Melisandre. A Sacerdotisa Vermelha disse ao eunuco que iria embora para Volantis, sua cidade natal, mas que voltaria para Westeros pois o destino dela era morrer em terras estrangeiras assim como o dele. Varys nasceu na cidade de Lys.

Núcleo Norte

Sansa, que ficou como protetora do Norte após Jon ir para Pedra do Dragão, começa a perceber que os mantimentos são insuficientes para o inverno e coordena o povo com confiança para que todos os cuidados sejam tomados. Num dado momento do episódio ela é avisada de que tem alguém nos portões de Winterfell e quando chega lá vê que é seu irmão Bran, que ela não vê desde a primeira temporada, e por muito tempo achou que estivesse morto. O encontro entre os irmãos Stark, que esperamos por quase 6 temporadas, foi mais frio que o inverno.

Durante uma conversa embaixo da arvore coração de Winterfell, Sansa diz ao seu irmão que agora ele é o Lorde de Winterfell, porém Bran nega, e se apresenta como o Corvo de Três Olhos. Ela fica confusa e pergunta o que isso significa porém Bran se recusa a explicar, falando que é muito complicado. Ele só diz que sabe o que aconteceu no passado, no presente e no futuro mas que ainda tem muito que aprender.

Após isso, em uma cena no mínimo desconfortável, Bran começa a falar da noite em que Sansa se casou e foi estuprada por Ramsay Bolton.

Núcleo Cidadela

Sam realmente conseguiu curar Sor Jorah apenas tirando a pele infectada e passando um unguento. Como “recompensa” por ter conseguido a cura da escamagris, o Arquimeistre Ebrose pediu para Sam copiar alguns documentos antigos. Alguns desses documentos contam a história do rei Robert Baratheon.

Jorah, agora curado, informou a Sam que irá atrás da Daenerys.

Núcleo WIIIIILLLLSSSSSSOOOOOOOOONN

Depois de abandonar o barco (e a irmã), Theon é resgatado por um navio Greyjoy que resistiu ao ataque. Os tripulantes do navio desconfiam de sua história e suspeitam do seu ato covarde.

Núcleo Porto Real

Após a batalha naval do último episódio, Euron chega a Porto Real com suas prisioneiras Ellaria Sand, Tyenne Sand e Yara Greyjoy, e é aclamado pela população.

Ele entrega as serpentes de areia como presentes para Cersei. Mais uma vez temos um diálogo provocativo entre Euron e Jaime.

Cersei leva as serpentes para um calabouço e faz um discurso emotivo sobre como foi ser mãe da Myrcella, que morreu após um beijo envenenado de Ellaria. Após isso ela dá um beijo em Tyenne e informa que Ellaria ficará ali, presa, vendo sua filha morrer e apodrecer, e assim se dá o início da vingança contra as serpentes de areia.

Antes de começar a falar sobre as duas invasões bem sucedidas que tivemos nesse episódio, precisamos falar sobre os castelos.

Rochedo Casterly é a sede da Casa Lannister e foi construído em cima de formações rochosas, o que oferece um forte fator defensivo. Sob toda essa estrutura também existem minas de ouro que outrora fizeram da casa Lannister a mais rica de Westeros, porém ficamos sabendo nas temporadas passadas que as minas estão esgotadas. Rochedo Casterly é considerado uma das maiores fortificações dos Sete Reinos, perdendo provavelmente apenas para a fortaleza de Harrenhal.

Jardim de Cima é a sede da casa Tyrell, segunda casa mais rica de Westeros. A fortaleza é descrita como um belo lugar repleto de bosques, fontes e plantações. O castelo foi fundado por Garth Greenhand,um dos lendários reis dos primeiros homens.

Vamos as invasões:

Invasão a Rochedo Casterly

Após os barcos Martell e Greyjoy serem atacados por Euron, Tyrion resolve invadir Rochedo Casterly com a ajuda dos Imaculados. Ele informa que a luta nas muralhas será difícil já que o exército Lannister conta com, no mínimo, 10.000 homens. Porém ele conhece bem os esgotos da fortaleza, já que foi ele quem os projetou, com passagens que levam diretamente às torres.

Enquanto centenas de Imaculados lutam nas muralhas, Verme Cinzento invade o castelo pelo esgoto. Após aniquilar os soldados Lannister que ali estavam, Verme Cinzento se dá conta que sua frota que está sendo atacada por homens Greyjoy e o número de homens Lannister é bem menor do que o esperado.

Invasão ao Jardim de Cima

No começo de episódio nós vimos Cersei recebendo um credor do Banco de Ferro de Braavos e cobrando a dívida que a Coroa tem com o banco. Cersei pede para que o banqueiro fique na cidade por 15 dias e diz que no final desse prazo as dívidas serão pagas, afinal “Um Lannister sempre paga suas dívidas.”.

Qual é a segunda casa mais rica de Westeros e que no momento está desprotegida pois os seus aliados estão atacando Rochedo Casterly? Isso mesmo, a casa Tyrell.

E essa foi a deixa para a invasão ao Jardim de Cima.

Vimos Jaime, o Lorde Randyll Tarly (pai de Sam) e um exército Lannister rumando em direção ao castelo da família Tyrell.

Após a invasão bem sucedida ao Jardim de Cima, Jaime se encontra com Olenna Tyrell que, já entregue, pergunta como será sua morte. O Regicida informa que Cersei queria que ela fosse esfolada e pendurada em praça pública, ou morta de outras formas torturantes, mas que ele a convenceu de que fosse de outra forma. Jaime coloca uma dose de veneno no vinho de Olenna. A matriarca Tyrell pergunta se irá doer e, após a negativa de Jaime, ela começa a citar que não queria morrer sofrendo como Joffrey, que morreu envenenado em seu próprio casamento, e diz que não foi sua intenção que ele sofresse tanto já que não sabia quais eram os efeitos do veneno.

Jaime fica assustado e ouve a seguinte frase “Conte a Cersei, eu quero que ela saiba que fui eu.”


Quer saber o que achamos desse episódio mais detalhadamente e quais são nossas expectativas para o próximo? Escute o Sete Reinos que será publicado ainda hoje, dia 01/08.

  • HSCB

    “Jardim de Cima é a sede da casa Martell” …. Tyrel não??