LONGE DO HYPE #7 - CITY OF LIFE AND DEATH

CITY OF LIFE AND DEATH (2009)

A guerra nunca acaba. Ela apenas se torna mais dispersa ao redor do planeta durante os ciclos para depois retornar de forma massiva. Pois o conflito sempre esteve no cerne do ser humano e talvez seja parte integrante de sua alma.

Os dramas de guerra costumeiramente despontam nas salas de cinema como o festejado Dunkirk de Christopher Nolan, retratando os horrores daqueles homens imersos na loucura de suas obrigações e o contato iminente com a morte. Mas como o diretor da trilogia do Cavaleiro das Trevas é “mainstream”, não será o homenageado da vez. A coluna quinzenal Longe do Hype destacará o arrebatador City of Life and Death de Chuan Lu.

O longa escrito e dirigido pelo diretor chinês, narra a Batalha de Nanjing, onde aconteceu o massacre ocasionado pela invasão do Exército Imperial Japonês durante a Segunda Guerra Sino-Japonesa em 1937. Um relato histórico contundente, baseado em depoimentos de sobreviventes e vídeos contrabandeados que chocaram até mesmo os nazistas que tiveram contato com o material.

O diretor chinês teve o cuidado de não retratar os japoneses como simples monstros, apesar de suas atitudes, e optou por um viés mais realista do que um maniqueísmo óbvio. O que acarretou em ameaças de morte para ele e outros envolvidos na produção porque o assunto ainda é uma ferida não cicatrizada em seu país.

Todo filmado em preto e branco, o longa conta com uma fotografia que remete a grandes clássicos do cinema ocidental e insere poesia em situações inimagináveis, contrastando com a brutalidade explícita de algumas cenas.

Sucesso em toda Asia e em festivais internacionais, City of Life And Death, (Nanjing! Nanjing!), título original, foi completamente rejeitado no japão por motivos óbvios. Afinal, cada povo é roteirista dos seus próprios eventos.

Com aproximados 132 minutos de duração, a película arrasta o espectador por uma experiência quase documental e necessária para enxergarmos o mundo em que vivemos e tomarmos consciência dos pequenos infernos que eclodem nos confins da Terra. Infernos reais e regidos por humanos bestiais, embora também habitados por seres de pura luz.

NOTA: 10 pintinhos que não vão deixar a história ser esquecida.

Chick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_coloredChick_colored