Estudando Quadrinhos no Mestrado | HQ Sem Roteiro Podcast

Quais os desafios de se estudar quadrinhos no ambiente acadêmico? Quais os trâmites e o que podemos estudar sobre esse universo que tanto nos encanta? Dani Marino, mestranda em Comunicação da Universidade de São Paulo (USP), estuda sobre a Gibiteca de Santos; Carol Ito, mestranda em Ciências da Informação também pela USP, estuda sobre produção feminina de quadrinhos na Internet; Davi Ferreira, mestrando em Comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), estuda sobre as adaptações das HQs pro cinema pela Marvel Studios; Márcio Moreira, também mestrando em Comunicação pela UFC, estuda sobre Planetary. Juntamos os quatro nesse HQ Sem Roteiro Podcast para conversarmos sobre como é estudar essas tão diferentes facetas de uma mesma arte.

Baixe o MP3

Desenho da capa: Carol Ito.

Desenho da vitrine do podcast: Gabi LoveLove6.

Links interessantes:

Músicas nesse programa:


Contribua com o Padrim do Iradex

keep-calm

Rede Iradex

Contatos

  • Pessoal, saudações

    Aqui é o Hamilton Kabuna, da baixada fluminense, do Rio de Janeiro. Sou quadrinista, trabalho com quadrinhoss e o ensino de química e ciências com a IFRJ/Duque de Caxias, sou membro do coletivo Capa Comics, professor de desenho e um dos organizadores da SIQ – A Semana Internacional de Quadrinhos da ECO/UFRJ e membro da ASPAS.

    Adorei o episódio e já estou compartilhando nas minhas redes sociais. Quem me indicou foi uma das convidadas, a Dani, que conheci nesse ano no congresso da ASPAS, em Leopoldina/MG. E estou pleiteando minha vaga no mestrado na ECO, também sobre HQs.

    E também estou aqui para pedir desculpas, pois estou criando um podcast sobre quadrinhos independentes nacionais e como a acadêmia ver essa produção e comentei que não conheci podcast que falava sobre a pesquisa acadêmica sobre HQs. Como já editei, eu não tenho como alterar essa minha fala, mas vou fazer um mea culpa no texto de postagem.

    Sobre Gibiteca, a Capa Comics montou uma em Duque de Caxias, dentro de uma biblioteca pública. E quase perdemos a mesma, a troca de gestão pois o atual prefeito alegou que ia ter um gasto muito grande para a manutenção. A nossa sorte é que provamos que não teria nenhum gasto, pois o funcionários não tiveram nenhuma alteração salarial com a implantação da gibiteca e todo o acervo, aulas, palestras é bancada pela própria Capa. Além disso, a população ao redor da gibiteca abraçou a mesma e fez uma carta pedindo a manutenção dela para a prefeitura. Demos sorte, mas ainda estamos preocupados com o destino do espaço.

    Acredito que lidar com quadrinhos é lidar com educação, saca? Não que os quadrinhos sejam um substituto dos livros ou que irão salvar a educação de alguma forma, mas sim que podem ser um tipo de porta de entrada para a leitura, artes, conhecimentos técnicos e por aí vai. E, ao mesmo tempo, uma excelente forma de entretenimento.

    Parabéns pelo cast e já ganharam mais um ouvinte.

    Abraços e saudações quadrinísticas

    • pjbrandao

      Que alegria imensa saber que você curtiu o papo, Hamilton. Sempre aquece o coração e nos dá vontade de fazer sempre mais e melhor esse trabalho. Também fico muito feliz em ver atitudes espalhadas pelo Brasil de fomento à leitura de quadrinhos, precisamos de pessoas que façam da leitura de quadrinhos uma cultura.

      Sobre o podcast que você gravou, fica tranquilo. Qualquer divulgação que seja do HQSR é bem vinda. E se for preciso, conte com a gente em produções futuras. Força e sorte no pleito pelo mestrado. Falo por experiência própria que o caminho é árduo mas a chegada é muito feliz. É empolgante estudar o que se ama, e se o que se ama é quadrinhos, tudo se torna ainda mais empolgante!

      Continuemos nosso trabalho. Grande abraço e, quando for viajar pelo RJ, vou me esforçar pra conhecer a gibiteca fruto do esforço de vocês. =)

      • Salve, PJ.

        Cara, curti pacas e usei ele como parte das minhas aulas. E espero que minhas turmas assinem o feed de vs e comecem a apreciar o trabalho de vcs.

        Obrigado pela força com meu podcast e vamos estreitar os contatos, xará. Sobre a gibiteca, eu vou enviar umas fotos para vcs, por mensagem na página de vcs, no Facebook.

        E vc tem toda razão, PJ: estudar o que se ama é bem empolgante. Estou mega feliz com o meu projeto de mestrado e sinto que estou no caminho certo.

        E quando tiver no RJ, vamos marcar essa visita sim.

        Abraços e saudações quadrinísticas!